Ascensão da soja na exportação mundial.

Por Letícia de Alencar 26/06/2020

  • Brasil lidera a exportação de soja no mundo;

  • A soja está presente em alimentos, cosméticos e no biodiesel;

  • China, Espanha e Holanda como principais importadores do produto;

  • Grande potencial de internacionalização;

     Considerada um dos alimentos vegetais mais ricos em proteínas, fibras, vitaminas e minerais, a soja apresenta um grande número de benefícios em seu consumo, entre eles benefícios ao coração, às artérias e o auxílio no combate à obesidade e diabetes. Assim, ela se destaca como um dos principais produtos do mercado de grãos e sua produção e exportação crescem cada vez mais.

     Sua utilização é muito variada e abrange diversos setores, sendo o principal deles o setor alimentício, no qual a soja é utilizada na produção de alimentos como carne, massas, chocolate, ovos e leites, além de ser uma das principais alternativas para as pessoas que não consomem proteína de origem animal ou são intolerantes à lactose. Seu uso se dá ainda por meio do óleo vegetal extraído do grão de soja, o qual compõe maior parte dos óleos vegetais e é utilizado na produção de margarinas, maionese, óleo de cozinha e gordura vegetal. Fora do setor alimentício, seu óleo é utilizado na produção de maquiagens, tintas e como matéria prima na produção do biodiesel brasileiro.

     Atualmente, mais da metade da produção de grão, óleo e farelo de soja são destinados à exportação. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), o Brasil é o segundo maior produtor mundial do grão de soja, produzindo na safra de 2018/19 114,843 milhões de toneladas e tendo, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) uma estimativa para a safra de 2019/20 de mais de 126 milhões de toneladas, passando, portanto, a alcançar a primeira posição na tabela de principais produtores do grão de soja, até então ocupada pelos Estados Unidos.

     Entre os principais exportadores de soja estão o Brasil - ocupando primeiro lugar nas exportações mundiais do produto - Estados Unidos, Argentina e Paraguai. Em 2019, a exportação de soja no Brasil alcançou o equivalente a 26 milhões de dólares, assim, segundo a Comex Stat, a soja lidera o ranking de exportações tanto no setor de agropecuária quanto nas exportações totais e compõe 17% de todas as exportações do país, sendo o Mato Grosso o estado que mais exporta soja e é responsável por 36% de sua exportação. O mercado para o qual o Brasil mais exporta soja é o da China - principal consumidora do produto no mundo - seguida da Espanha e da Holanda.

     Portanto, a soja compõe um mercado já consolidado que se desenvolve cada vez mais e apresenta grande potencial de exportação, assim, com um apoio focado na consolidação do produto em mercados estrangeiros e em sua internacionalização, é certo que este tende-se a expandir ainda mais.

Fontes:

https://bit.ly/2Zb2254

https://bit.ly/3fZjzDT

https://bit.ly/2Yyh6KX

https://bit.ly/3i6HKT1

https://bit.ly/2VoVKhc

https://bit.ly/3ieV7k6

ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram