glass-g1aad446f5_1920.jpg

Leite de Amêndoas: uma aposta promissora no mercado estadunidense

Uma alternativa ao leite de origem animal e benéfico à saúde

         Com o crescente número de adeptos ao veganismo no mundo, muitas pessoas têm procurado fontes alternativas em relação ao leite animal e uma delas é o leite de amêndoas. Produzido a partir de uma mistura de amêndoas trituradas com água e sendo rico em antioxidantes e magnésio, auxiliando na proteção contra doenças cardíacas e câncer, além de apresentar um baixo teor calórico e de açúcar, é um produto que tem se destacado bastante nos Estados Unidos nos últimos anos.

         A alta procura por alimentos veganos, ou seja, que não possuem componentes de origem animal ou cujos testes não são realizados em animais, se dá por uma tendência comportamental das novas gerações, que possuem preocupações de cunho ético relacionadas a origem dos alimentos, visam uma alimentação mais saudável e dão importância para as questões ambientais e de sustentabilidade. Essa tendência levou a muitas indústrias de laticínios a se reinventarem e, de acordo com a revista Forbes, a empresa GlobalData analisa que houve um aumento de 600% de pessoas norte-americanas que se identificam como veganas entre os anos 2015 e 2018.

A mudança e a evolução na demanda do mercado norte-americano

       Ademais, o mercado estadunidense de leite está passando por uma “revolução”. Segundo a cooperativa Dairy Farmers of America (DFA), as vendas de leites animais caíram aproximadamente 1,1 bilhão de dólares em 2018, ao passo que a demanda pelas opções à base de plantas aumentou: as vendas de leite de amêndoas cresceram 250%, entre 2011 e 2016, e foram o dobro da soja, que vendeu 297,7 milhões de dólares, em 2015, conforme a empresa Nielsen Company. Logo, apesar de ainda não ser muito exportado para lá, o leite de amêndoas se mostra como uma ótima aposta em um negócio que está disparando, pois é uma escolha muito nutritiva para os veganos e para aqueles que possuem intolerância à lactose ou ainda à soja.

Como a Prisma Consultoria Internacional pode te ajudar

        Sendo assim, é evidente que exportar o leite de amêndoas para os Estados Unidos é uma opção muito viável e inovadora, pelo crescimento no mercado que esse produto apresenta. Porém, por ser um destaque recente, é crucial que isso seja feito com um acompanhamento inteligente, constante, atualizado e detalhado, com análises de todos os passos da internacionalização, o que os serviços da Prisma oferecem, de forma a trazer segurança e firmeza para o exportador.

Por Diego Maciel em 14/01/2022

Fontes:

https://bit.ly/3Fsn5TS

https://bit.ly/3GuZ5Rn

https://bbc.in/3rdXSay

https://bit.ly/3I5BEyd