ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram

A inserção do gim no mercado de bebidas alcoólicas

Por Eloisa Carvalho  14/11/2018

  • Surgimento do gim e principais marcas;

  • Ascensão do gim no Brasil;

  • Maiores consumidores;

  • Principais importadores.

     A tendência iniciou-se na Espanha há mais de uma década e expandiu-se por todo o continente europeu, chegando ao Brasil estimulando não só o mercado das importadoras, mas também dos fabricantes locais. O novo “queridinho” do mercado de bebidas alcóolicas é o gim e já conta com cerca de uma dezena de microdestilarias nacionais, além de ser o sétimo destilado mais consumido no Brasil.

     Com suas origens na Idade Média, o gim é derivado do licor de zimbro, uma bebida também chamada de genever pelos Holandeses, feita a partir desse pseudofruto com características medicinais e aromatizantes. Algumas das marcas mais prestigiadas são Gordon’s London Dry, de Londres, Bombay Sapphire, da Índia e Ginebra San Miguel, das Filipinas, sendo este o de maior popularidade mundial, já que vendeu mais de 21 milhões de caixas de 9 litros em 2016.

     Segundo a Euromonitor Internacional, o mercado de destilados no Brasil vem crescendo cada vez mais, fazendo com que o gim, assim como o Whisky escocês e americano, tivesse um aumento no país acima da média. As microdestilarias nacionais de gim, buscam se beneficiar do crescimento acelerado do mercado doméstico, podendo chegar a ser alvo de compra de multinacionais. Porém, o país considerado o maior consumidor de gim do mundo foi as Filipinas, a qual consome 450 milhões de litros por ano (que representa 43% da consumação mundial) se tornando um dos países mais interessantes para a exportação do produto.

 

     Além do país citado acima, podemos também destacar o Reino Unido que, de acordo com a OEC, comprou cerca de 1,4 bilhão de dólares de garrafas de gim em 2017, e os maiores importadores de bebidas brancas do mundo, sendo eles os EUA ($7,26 Bilhões -  25% das compras mundiais de bebidas brancas), Alemanha ($1,5 Bilhões - 5.2%) e França ($1,26 Bilhões - 4.4%). Importante ressaltar que os EUA importou cerca de 8,2 milhões de litros de gim e 9,93 milhões de caixas de 9 litros foram compradas nos Estados Unidos em 2016.

 

     Em suma, podemos dizer que é nítido o crescimento do consumo de gim, fazendo com que a bebida ganhe cada vez mais espaço no mercado internacional. Assim, é de grande interesse a exportação desse produto principalmente para os Estados Unidos e para as Filipinas, já que são lugares onde a demanda é maior.

Fontes:

Acessado em 23/10/2018

https://bit.ly/2Tf0zXr

https://bit.ly/2DmkWfS

https://bit.ly/2ODNio1

https://bit.ly/2Q07NQr

https://bit.ly/2Psyei5

https://abr.ai/2OJOGFM