Crustáceos: Três produtos de um mercado promissor. 

Por Arthur Rodrigues  20/01/2020

  • Tendência de crescimento produtivo;

  • expectativa no aumento de exportação;

  • sua versatilidade garante ampla utilização na gastronomia.

     Em termos de consumo, entende-se popularmente por crustáceos um grupo de seres marinhos composto por siris, lagostas, camarões e caranguejos, os quais são populares na culinária brasileira, uma vez que compõe inúmeros pratos nacionais, dos mais simples aos mais sofisticados. Tal característica, juntamente com a tecnologia, foram fundamentais para impulsionar a produtividade deste gênero, cuja produção encontra-se muito presente no nordeste do país. 

     Dentro dele, o destaque vai para a produção de camarão. A carcinicultura obteve um crescimento de 18% em 2018, segundo a Associação Brasileira de Produtores de Camarão (ABCC), e gerou R$ 3 bilhões para a indústria nacional a partir das 77 mil toneladas no ano citado. A tendência de aumento produtivo também é esperada para os anos seguintes, o que gera expectativas positivas quanto a exportação do produto, principalmente, pela procura por alimentos mais saudáveis.

    Diferentemente do camarão, a lagosta tem forte participação no mercado externo. Em 2018, 3,5 mil toneladas foram comercializadas mundo a fora, que renderam aproximadamente US$ 70 milhões, sendo a maior parte para os Estados Unidos, China e Austrália, majoritariamente em função da nobreza de sua carne.

    Outro produto que, surpreendentemente, apresenta grande apreciação da carne é o siri mole, o qual chega a superar o preço de consumo da lagosta em alguns países que exportam o produto, como os Estados Unidos. A alta reprodutibilidade do animal garante uma produtividade elevada, apesar de uma exportação ainda tímida nos últimos anos, não ultrapassando US$ 1 milhão, e de infraestrutura e logística para criação pouco desenvolvidas.

     Assim, a versatilidade dos crustáceos garante a sua ampla utilização na gastronomia. A maior parte da produção ainda é destinada para o mercado interno, mas as qualidades destes produtos e as previsões de crescimento produtivo criam um cenário futuro atrativo para a exportação, o qual pode ser bem explorado tendo em mãos informações sobre os potenciais mercados do ramo.    

Fontes:

https://bit.ly/368cMm5

https://bit.ly/2G9ZTgY

https://bit.ly/2Rc3KQQ

ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram