Um mercado de grande potencial

Por Antonio Miranda 02/04/2020

  • Mercado Cervejeiro no Brasil;  

  • ascensão da cerveja artesanal;

  • mercado consumidor; 

  • internacionalização.

     O Brasil atualmente passa por uma boa fase no mercado cervejeiro, conseguindo produzir em 2019, segundo o Sindicato Nacional da Indústria Cervejeira (SINDICERV), 13,7 bilhões de litros, gerando um faturamento de R$ 77 bilhões, com o país ocupando a posição de 3º maior produtor de cerveja no mundo, apenas atrás da China e dos EUA.

 

     Dentro desse mercado, vem surgindo um nicho especializado para pessoas que desejam consumir cervejas de melhor qualidade, que é reflexo do lema “beber menos, mas beber melhor”. Esse nicho é o das Craft Beers, mais conhecidas como cervejas artesanais, que vêm ganhando destaque no âmbito nacional e internacional. Segundo uma pesquisa da Sebrae, o mercado para essa categoria de cerveja cresceu 64% na última década, com tendência contínua de expansão nos próximos períodos; por exemplo, nos EUA, em 2017, essa indústria movimentou US$ 26 bilhões.

 

     Segundo dados da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal e do Mapa da Cerveja Artesanal, o Brasil é o 3º maior produtor de cervejas artesanais do mundo; seu mercado cresceu 25% em 2019, com expectativa de crescimento de 30% para 2020. Atualmente, esse setor domina 3% da fatia do mercado cervejeiro, com a propensão de expandir para 6% e com espaço para crescer ainda mais, com um potencial de 10%. Atualmente, a produção brasileira é de 380 milhões de litros ao ano, tendo participação de 1,6% no PIB e movimentando mais de R$74 milhões anualmente.

 

     Existe um grande mercado consumidor de cerveja no Brasil; segundo dados da CERVBRASIL, cerveja é a bebida preferida de 64% dos brasileiros. As classes que mais bebem cervejas artesanais são a A e B, as quais buscam um diferencial no consumo e novas experiências e sabores. É importante pontuar que o Brasil é reconhecidamente uma potência do mercado artesanal cervejeiro, tendo uma boa colocação em competições artesanais, por exemplo no World Beer Awards, no qual apresentou um desempenho excelente recebendo 236 premiações no ano de 2019, dentre elas 7 foram consideradas melhores do mundo, isso tudo sem contar as outras competições nas quais o país se destacou também.

 

     Há vários benefícios em internacionalizar nesse setor, já que há um grande mercado consumidor no exterior pronto para consumir tais cervejas. Existem algumas maneiras de expandir internacionalmente nesse ramo, por meio de exportações acompanhadas de pesquisas sobre os melhores mercados e como entrar neles, criação de franquias, colaborações e vendas de receitas e cervejarias ciganas, que são locais alugados para produtores que não tem produção em um lugar fixo. Para 2020 a expectativa é de que a produção de cerveja ultrapasse a marca dos 14 milhões de litros, que a venda arrecade R$42 milhões e  que as exportações cheguem a 191 milhões de Kg/Litro.

 

Fontes:

https://bit.ly/2RaDANQ

https://bit.ly/3aKBpII

https://bit.ly/2X8paS7

https://bit.ly/3dTFL2j

https://bit.ly/2UWTbSw

https://go.aws/2w9FDKP

https://bit.ly/34ec47x

https://bit.ly/39JoSE2

https://bit.ly/3dPZxvq

ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram