eucalyptus-leaves-g0e07af136_1920.jpg

Celulose: do eucalipto para o seu dia a dia 

      Derivada principalmente do eucalipto, a celulose se tornou um dos principais produtos exportados pelo Brasil; sendo que em 2012, o país ocupou as primeiras posições em volume produzido e exportado. Desde então, o produto vem se destacando no cenário de comércio mundial pois a dinâmica da indústria da celulose é totalmente voltada para o mercado de exportação.

Onda de sustentabilidade destaca a celulose no mercado internacional

     Com a crescente preocupação acerca da sustentabilidade, as pessoas abandonaram parcial ou completamente, objetos derivados de petróleo, dando lugar a biodegradáveis e recicláveis, ou seja, produtos feitos a partir da celulose. A celulose passou a ser um bem produzido em grande escala, com preços acessíveis e com boa qualidade, também é matéria prima para confecção de cadernos, cadernetas, calendários, livros, blocos de notas, cartolinas, caixas, sacolas de papel, convites e etc. O produto está cada vez se tornando mais versátil e customizado, agregando valor que antes não possuía e acompanhando a perspectiva de crescimento da tendência de procura por produtos sustentáveis.

Gigante demanda chinesa

     Segundo dados da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), a produção de celulose atingiu cerca de 21 milhões de toneladas em 2020, tendo uma alta de 6,4% em relação a 2019, ocupando o segundo lugar no ranking dos países produtores de celulose. Além disso, as exportações somaram cerca de US $11,3 bilhões, o equivalente a 4,3% das exportações brasileiras, concluindo-se que essa fonte de matéria prima renovável, reciclável e amigável ao meio ambiente e à biodiversidade também é uma gigante no mercado internacional. A demanda chinesa é exemplo disso: a exportação de celulose para China em 2019, o mais importante destino do setor de celulose brasileiro, totalizou US $3,3 bilhões.

Vantagem energética

      Os projetos de celulose mais modernos, além de serem autossuficientes em energia, geram grandes excedentes para comercialização, na ordem de 18,3 milhões de gigajoules, equivalentes a uma hidrelétrica de médio porte. Portanto, o mercado da celulose se mostra forte mesmo com toda modernização dos tempos atuais. Ademais, se mostra como um grande setor gerador de empregos o qual se destaca no meio sustentável. Assim, o possível investimento em sua internacionalização permite conhecer melhor a área de exportação e suas vantagens do produto no mercado internacional.

A importância da consultoria internacional

     A celulose está em alta no mercado internacional atualmente e é um ótimo momento para seus produtores buscarem internacionalizar seu produto. Porém, esse processo requer bastante cuidado e estudo. Com isso é essencial contar com o apoio de uma consultoria internacional, como os serviços oferecidos pela Prisma. Nós podemos te ajudar a trilhar de forma mais segura e eficiente o caminho para que seu negócio alcance o mundo.

 

Por Sarah Vicente em 25/03/2022.

 

Fontes:

https://bit.ly/3zcT9b7

https://bit.ly/3k9dBVZ

https://bit.ly/3EgqNk8

https://bit.ly/395DKi9