Design sem nome-4.png

Calçados de Couro: um caminho consolidado no mercado internacional

     Ocupando posição de destaque dentro da produção e exportação brasileira, a indústria calçadista forma uma sólida conexão do país com o resto do mundo. De acordo com a Fazcomex, só no ano de 2019 foram embarcados mais de 114 milhões de pares, atingindo uma receita de US $967 milhões.

Setor de rápida recuperação em momentos de crise

     Além disso, apesar de ter sofrido uma queda de 18,4% na produção e 18,6% na exportação em 2020 por causa da situação pandêmica, a atividade desse setor está prevista para crescer cerca de 12% neste ano, segundo dados anunciados pela Abicalçados, Associação Brasileira das Indústrias de Calçados. Isso deixa evidente o quão esse setor é consolidado e, consequentemente, de fácil recuperação, aspecto essencial para as condições atuais.

Potenciais parceiros comerciais em diversas partes do mundo

     Dentro desse contexto, os calçados de couro merecem atenção especial, considerando que suas vendas para o exterior ocuparam cerca de 40% do total arrecadado pelo setor em 2020, como mostram dados fornecidos pela OEC, Observatório de Complexidade Econômica. Tendo como principal destino os Estados Unidos, para onde foram exportados US $129 milhões em 2018, segundo o portal DataViva, esses sapatos também se destacam em mercados como o da China, dos Emirados Árabes Unidos, da Itália e de países sul-americanos, como a Argentina e o Chile.

A importância do auxílio de uma consultoria internacional

     Sendo o Brasil uma referência mundial no setor calçadista, é de extrema importância que os comerciantes desse setor estejam atualizados acerca das conquistas e projeções dessa indústria tanto no âmbito nacional como no internacional. Desse modo, os serviços de consultoria trarão grande vantagem para aqueles que querem fazer crescer seus negócios de forma responsável e precisa, tendo como base uma detalhada análise de dados e de destinos lucrativos para seus produtos.

 

Por Mariana Fernandes em 13/08/2021

   

Fontes:

https://bit.ly/3ek3Ekp

https://bit.ly/3tExUNz

https://bit.ly/3sFaRRo

https://bit.ly/2QdZmDr

https://bit.ly/3sF6bL9