ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram

Cacau: a matéria-prima versátil e sua ascensão no mercado internacional

Por Leila Beija-Flor 25/07/2019

     O cacau, fruto que atualmente é conhecido mundialmente por ser a matéria-prima do chocolate, tem diversas versões quanto a sua origem, sendo que alguns afirmam que tal fruto surgiu na bacia hidrográfica do rio Amazonas, na América do Sul, enquanto outros afirmam que o mesmo tem origem nas civilizações Asteca e Maia. 

 

     Com a expansão do mercado do chocolate, consequentemente, o cacau adquiriu uma maior importância na esfera econômica, de modo que houveram diversas tentativas para a implementação da lavoura cacaueira em diferentes regiões mundiais, sendo que suas sementes foram se disseminando de forma gradual pelo mundo. Desse modo, em 2017, segundo o site Agrolink, cerca de 90% de toda a produção do cacau brasileiro é exportado, sendo que o Brasil é 5° maior produtor de cacau do mundo, ao lado da Costa do Marfim, Gana, Nigéria e Camarões. Assim, no ano de 2017 a exportação do cacau brasileiro foi em média 22,36 toneladas, obtendo um faturamento total de US$62,23 milhões, sendo este um efeito da alta dos preços do cacau no mercado internacional. Por conseguinte, houve um aumento do faturamento das exportações brasileiras, em consoante com o Valor Econômico. 

 

     Conforme o Ipeadata, desde 1932 as exportações de cacau crescem em um ritmo disruptivo. Isso se deve ao fato de que a indústria do cacau não tem se limitado apenas a fabricação de chocolate, mas também a exportação dos insumos já processados, como a manteiga de cacau que exporta cerca de $173 milhões no ano, e o pó de cacau, que teve um valor total de exportações no ano de 2017 de $65,8 milhões, em conformidade com o The Observatory of Economic Complexity. 

 

     Dessarte, nota-se a contribuição do cacau na esfera econômica do Brasil, sendo que o país é o terceiro maior país confeiteiro do mundo, encontrando-se atrás apenas dos Estados Unidos e da Alemanha, de forma que a cadeia do cacau participa com cerca de R$ 20 bilhões no PIB brasileiro, segundo a APEX Brasil. Portanto, o cacau aumentou 64 USD/MT ou 2,67% apenas no início de 2019, de modo que com a ascensão e, consequentemente, a valorização do cacau vemos que este mercado tornou-se uma tendência mundial propícia a exportação.


 

Fontes:

 

https://bit.ly/30ZF8Np


https://bit.ly/2Hboctu

https://bit.ly/2GrBRym

 

https://bit.ly/30XQL7c

 

https://bit.ly/2QfVUGp


https://bit.ly/2SIxyUj

https://bit.ly/2LF70mb

  • Cacau e sua origem

  • Crescimento do cacau como matéria-prima

  • Inserção na esfera internacional e expansão das plantações

  • A diversidade do cacau