Exportação dos melhores alimentos para Pet 

Por Gabriella Wertheimer Cinque 07/06/2020

  • Demanda dos donos aumenta por alimentos de qualidade. 

  • A indústria brasileira de alimentos para pets está em constante atualização e crescimento

  • Representa 0,38% do PIB brasileiro.

  • Potencial para o comércio externo e interno

     Mais de 132 milhões de animais de estimação convivem com seres humanos em todo o Brasil, segundo dados do IBGE. A taxa está próxima de um animal para duas pessoas. Nos lares, sítios e fazendas existem 52 milhões de cães, 38 milhões de aves, 22 milhões de felinos e 18 milhões de peixes. No mundo inteiro são 1,56 bilhões, e o Brasil localiza-se em  4º lugar na escala global. Sendo considerados cada vez mais parte da família, a demanda dos donos por alimentos de qualidade aumenta cada vez mais. 

       

       A indústria brasileira de alimentos para pets está em constante atualização e crescimento. Sendo também uma parte relevante do agronegócio, já que cerca de 67,3% do faturamento de 2015 veio dos produtos para nutrição animal, cuja composição é 95% agropecuária, com ingredientes como milho, soja, arroz, trigo e carnes de aves, bovinos e peixes. Mostrando que a cada ano que passa aumenta sua influência em diferentes setores.

   

    Sendo assim, em 2019 foi criado o manual Pet Food Brasil, pela ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) junto com grandes profissionais técnicos e acadêmicos para servir de referência em questão de qualidade e segurança na produção desses alimentos.  Medindo  a qualidade de matérias-primas, parâmetros nutricionais, metodologias analíticas aplicáveis e condições ideais de produção para garantir alimentos seguros aos mercados nacional e internacional.

     

     Até o ano de 2016 o Brasil não estava entre os Top 10 de faturamento em relação a esse mercado mundial, e hoje ocupa o segundo lugar, atrás somente dos Estados Unidos. O mercado de alimentos (Pet Food) representa um total de 73,9% dentre todas as exportações relacionadas à Pets, faturando aproximadamente US$ 192,6 milhões, o que representa 0,38% do PIB brasileiro. A produção brasileira de 2018 representou 2,66 milhões de toneladas para ambos mercado interno e externo. Esse comércio gerou em 2018 um total de US$ 14,2 bilhões no mundo inteiro, responsável pela criação de 1,7 milhões de empregos. A produção brasileira de 2018 representou 2,66 milhões de toneladas para ambos mercado interno e externo

     

      Portanto, o produto mostra-se com potencial para o comércio externo e interno, já que o número de Pets só cresce e com isso a demanda de um bom e balanceado alimento também. Contudo, alguns processos para a exportação podem apresentar obstáculos, sendo  sempre a melhor opção obter uma empresa consultora ao seu lado para ajudar nas dificuldades as quais possam aparecer durante o processo. 

Fontes:

https://bit.ly/3jti1nD

https://bit.ly/31CNf5D

https://bit.ly/34OjUHv

https://bit.ly/2G0XDM0

https://bit.ly/3jivbDI

https://bit.ly/3b7W0aX

ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram