Imagens dos Textos (Produtos e Atualidades_milho - Site.png

Milho: protagonismo e expansão

      Originado no México e depois espalhado pela América do Sul, há mais de 7000 anos o milho faz parte da alimentação mundial. Como parte da culinária brasileira, é utilizado no preparo de pães, bolos e comidas típicas como canjica e curau. Além disso, também é matéria-prima para a indústria de rações animais e produção de combustível etanol. Assim, sua versatilidade faz com que o alimento ganhe cada vez mais destaque nas exportações brasileiras e alcance outros países.

 

A colheita da segunda safra de 2021/22 está acelerada

      Segundo a consultoria Pátria AgroNegócios, a colheita da segunda safra da temporada 2021/22 está avançando rapidamente, o que pode aumentar o ritmo das exportações do milho brasileiro conforme grandes volumes ficam disponíveis. Além disso, devido à guerra da Rússia contra Ucrânia, os países que antes importavam o alimento ucraniano podem optar por fazer negócios com o Brasil. Hoje, os países que mais importam milho brasileiro são Irã, Egito e Espanha.

 

Brasil rumo à posição de maior exportador do mundo

      Há décadas o Brasil vem ganhando destaque na produção e exportação do grão. No período de 2010 a 2020, houve um crescimento de 218,5% nas exportações. Em 2019, o país bateu o recorde de exportação com a marca de 41 milhões de toneladas, e assim se consolidou como segundo maior exportador mundial, estando atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a projeção da produção para 2029/30 é de 123,9 milhões de toneladas, podendo então alcançar a posição de maior exportador mundial.

 

A importância de uma consultoria internacional

      Tendo em vista o protagonismo e crescimento do Brasil no mercado de exportação de milho, essa atividade se apresenta como uma oportunidade promissora de ultrapassagem de fronteiras. Desse modo, visando o sucesso das exportações, é imprescindível o auxílio de uma consultoria especializada para que a inserção internacional seja segura e direcionada para os melhores destinos possíveis.

Por Sofhia Gomes em 29/07/2022

Fontes:

https://bit.ly/3bj8alU

http://glo.bo/3BtSOp6

https://bit.ly/3Q2l0El