ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram

O interesse internacional no tropicalismo brasileiro e o mercado interno propício

Por Vitória Godoy 31/01/2019

 • O interesse de estrangeiros em produtos característicos brasileiros;
 • O verão brasileiro internacionalizado;
 • Coco Verde, Açaí e Cachaça em bom desenvolvimento no mercado nacional.

     Produtos de origem tropical, desde a descoberta do "Novo Mundo", são muito requisitados por diversos países do mundo. Dessa forma, o Brasil é um país de bastante destaque nesse cenário. Com o verão em seu auge, muitos produtos adorados pelos gringos tomam conta das milhares de praias por todo o país e entram no radar da exportação. O destaque, das mais diversas variações, é para o Coco Verde, o Açaí e a Cachaça, conhecida pela famosa caipirinha.

     

     O Brasil possui estimadamente cerca de 235 mil hectares ocupados com plantações de coqueiro, distribuídos por todo o território, com uma produção equivalente a 1,8 milhões de toneladas, de acordo com o IBGE, 2016. Segundo o Sebrae Nacional, em 2016, a região Nordeste, dentre as regiões produtoras no território nacional, destaca-se produzindo cerca de 80% de toda a produção nacional, com foco na baixada litorânea.

     Com a grande produção brasileira, o Brasil é o quarto maior produtor mundial de coco verde, segundo dados da Organização da Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação. Além dos milhares benefícios que o consumo do coco possui, desde a melhora do coração e dos rins, até para evitar a desidratação, o Coco Verde inteiro pode ser utilizado sem desperdícios, sendo extremamente sustentável e biodegradável.

     Já o Açaí sofreu um "boom"nos últimos anos e passou a ser cada vez mais requisitado na busca de uma vida mais saudável, por possuir diversas vitaminas, ser um bom fornecedor de energia e possuir bastante eletrólitos. A produção da fruta está concentrada na região Amazônica, com o Pará como principal produtor. O órgão do governo paranaense, a Fruticultura da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca do Pará (Sedap), espera que a área cultivada da fruta seja ampliada em 50 mil hectares até 2020. De acordo com informações do G1 Agro, o Brasil fatura por ano cerca de 600 milhões de reais com o extrativismo e comércio nacional e internacional do açaí.

     Um dos produtos mais adorados pelos estrangeiros que vem ao Brasil é a famosa caipirinha. O principal ingrediente do drink, a Cachaça, virou um artigo requisitado em outros países. Reconhecida como tipicamente brasileira e considerada patrimônio histórico e cultural do país, é a segunda bebida mais consumida no mercado interno, de acordo com um relatório da Sebrae. Com uma média de 40 mil produtos, segundo o Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), a produção nacional da bebida atinge 1,5 bilhão de litros anuais e tem um mercado de cerca de 7 bilhões de reais por ano.

     Por fim, por todos os motivos mencionados anteriormente é possível observar que mesmo com a crise financeira brasileira, os produtos citados são interessantes de empresários e produtores investirem. Como cada produto é bastante complexo e único serão necessários textos individuais sobre cada um, para que a noção sobre cada um e as oportunidades de internacionalização fiquem mais claras. Acompanhem os próximos textos.

Fontes:

Acesso em 27/01/2019

https://bit.ly/2gkZiOd

https://bit.ly/2olLc10

https://glo.bo/1wKZoiX

https://bit.ly/2UsS4rD

https://glo.bo/2GaVNWY

https://bit.ly/2BavQ6E

https://bit.ly/2Qi9zNE