ENTRE EM CONTATO

  Rua Monte Alegre, 984 - São Paulo, SP - Brasil

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram

A bebida mais consumida no mundo

Por Matheus Bovo  27/11/2018

  • Descobrimento do grão de café;

  • Ascensão do mercado no Brasil;

  • Principal exportador;

  • Principais importadores.

     Mais de nove milhões de toneladas de café são ingeridas por ano no mundo, tornando-a a bebida mais consumida, segundo o canal midiático PlayGround Brasil.

     O café foi descoberto na Etiópia por volta do ano de 600 d.C. A lenda diz que um pastor observou que suas cabras ficavam mais alegres e veementes depois de comer os grãos vívidos dos fartos arbustos do campo. Mais tarde, foi descoberto que essas sementes eram provavelmente de Coffea arabica, bago responsável por 75% da produção atual de café.

     A partir de então, o consumo dos grãos começou a se difundir pela África e pelo Oriente Médio. Porém, o café era considerado a bebida do satanás na Europa, até que o Papa Clemente VIII decidiu santificá-lo. Logo, o ato de beber um "cafézinho" transformou-se em hábito e motivo para socializar.

     No Brasil, a decadência do ciclo da mineração no final do século XVIII abriu espaço para a ascensão do que viria a se tornar a matriz da economia brasileira, o café. Os lucros provindos dessa lavoura permitiram a construção de estradas de ferro, intensificaram o processo de urbanização, principalmente em São Paulo, abriram as portas para muitos imigrantes europeus e deslocaram o centro de poder político e econômico do Nordeste para o Sudeste.

     Hoje o Brasil é o maior produtor e exportador de café. Além da exportação e torrefação industrial, há também os pequenos produtores que, num processo artesanal, deixam o café com características próprias e marcantes. Rótulos como Orfeu e Cambraia se destacam no mercado pela sua excelência nos blends e pela tradição familiar preocupada em entregar um produto fresco de alta qualidade. Alguns restaurantes ou marcas independentes têm desenvolvido novas marcas de café como a Layback Coffee Co. ou o café do Futuro Refeitório. É um mercado em ascensão, assim como as cervejas ou os gins artesanais. E, além disso, ganham o olhar do público por serem propriamente brasileiras e marcas novas no mercado.

     No mundo o café representa uma mercadoria em alta, todos os países querem ter seu reconhecimento no negócio.  Se não produzem, importam a matéria prima para criarem seus rótulos e depois exportar o produto, como é o caso da marca suíça Nespresso. É um produto importado pela maioria dos países europeus e principalmente pelos Estados Unidos, cujo produto vem principalmente de terras brasileiras. Deste modo é possível concluir que há facilidade na inserção de novas marcas no mercado internacional, principalmente por que na maioria das vezes se exporta a commodity “café” e não marcas do grão previamente moído e torrado artesanalmente. É um produto com extremo potencial de expansão.

Fontes:

Acessado em 25/11/2018

https://bit.ly/2y3laGu

https://bit.ly/2ReHrHP